sábado, 24 de janeiro de 2009

Segredos!














Segredos são mistérios,

Que jamais são revelados,
Os meus são como tesouros...
E no coração estão guardados!

Eu tenho uma caixinha,
A sete chaves está fechada,

Onde guardo os meus segredos,
Ao cair da madrugada!

A noite tem mais encanto,
Com a magia do luar
E é quando entoam em mim
Como canção de embalar!


Os segredos têm som

Têm vida e até côr
Há os que são muito negros

E os que chamam de amor!


O meus são de côr azul

Como o céu e como o mar
Mas como são segredos
Eu não os posso revelar!

Liar

6 comentários:

Ana disse...

Não reveles minha querida guarda-os só para ti, eles pertencem-te.
Adorei este belo poema acho que os teus segredos são os meus e os de toda a gente mas tu sabes escrevê-los muito bem.
Gostava que fosses ao meu Blog, tenho uma surpresa para ti, porque mereces.
Um beijinho muito doce com sabor a amizade e carinho.

utopia das palavras disse...

Os teus nos nossos segredos, num poema bem ritmado...!

Lindo...!!!!!


Beijos
Bom fim de semana

O Repórter Alentejano disse...

Um espaço apetecível para quem gosta de ler. Parabéns.
Sem segredos cá regressarei.

O Repórter Alentejano
Gosto de fotografar o que acontece, não o que é preparado para acontecer.

poetaeusou . . . disse...

*
querem escutar ?
eu tenho um segredo
que não posso contar
não, não é por ter medo
o mar é amigo
venham, venham comigo
irão testemunhar
que neste manto de cores
levo mil flores
para as ondas do mar,
,
Conchinhas
,

Agulheta disse...

Liar! Se calhar tudos temos alguns segredos... uns mais que outros,mas alguns são tão belos que guardamos numa linda caixinha só nossa que é o ? coração??

Beijinho e boa semana

Lisa

PURO AMIGO disse...

Olá boa noite
Muito bem, está completo, sitiádo.
Amizade
Miguel