terça-feira, 31 de março de 2009

Lua e Mar






















Quando o sol se despediu,
Chegou a Lua sorridente,
Deitou-se sobre o mar azul
E, iluminou-o simplesmente!

Com sua luz cor de prata
E um mistério encantador
Conquistou o mar solitário
Sem ter que falar de amor!

Logo se completaram
Com encanto e sedução
Ele teria o seu lindo brilho
Ela a sua melodiosa agitação

Dançaram ao som do vento,
Trocaram beijos salgados
Abraçaram-se ao luar
Como eternos apaixonados

Ela grita bem alto
Na hora da despedida,
Que encontrou o amor
Quando se sentia perdida!

Sim, ela já gostou do sol
Mas o sol desaparecia
Quando ela chegava
Logo ele fugia!

O mar é o amor perfeito
Para com a Lua namorar
Estará sempre à espera
Que ela chegue para a amar!

Liar

terça-feira, 24 de março de 2009

Serei...


















Se eu fosse o sol
Seria a luz da vida,
Claridade no escuro
Caminho com saída

Se eu fosse terra
Nunca o chão te faltaria
Seria o solo que precisas
E a mim te prenderia

Se eu fosse o mar
Seria canção de embalar
E poderias descansar
Ao som do meu marulhar

Se eu fosse estrela
Seria o teu guia
Mesmo no escuro
Eu não te perderia

Se eu fosse vento
As tuas asas seria
Para que os teus sonhos
Deixassem de ser utopia

Sol, terra, mar, estrela e vento
Serei tudo e não serei nada
Mas sei que se eu fosse ....
Seria uma linda madrugada!

Liar

sexta-feira, 20 de março de 2009

Primavera















Chega a Primavera

E com ela multicores
Aromas inebriantes
Que exalam as flores

Chegou uma nova estação
Vão-se os ventos e vendavais
Regressam as andorinhas
E vem-se pardais no beirais

Borboletas, abelhas e joaninhas
Dançam nos jardins coloridos
Como se renovassem a vida
E esquecessem os tempo idos

A orvalhada da manha
O dia de sol radioso,
Fim da tarde a beira mar
Com um laranja grandioso

Podem cortar uma rosa
E prender um passarinho
Mas a Primavera è grandiosa
Ninguém a detém no caminho

Não é uma simples estação
É sentir a alma aquecida
A imaginação fica com asas
E sentimos o colorir da vida!

Liar

segunda-feira, 16 de março de 2009

Um Raio de Luz...



















Em passos lentos e muitos pequenos,
meu caminho foi em direcção ao sol

Queria um raio de luz,
que trespassasse a vidraça
me fizesse sorrir,
E me deixasse sem graça

Queria um raio de luz
Que não se apagasse
E nas noites mais escuras
Estrela se transformasse

Queria um raio de luz
Que me acordasse cedinho
Me desse os bons dias
Com um beijo quentinho

Queria um raio de luz
Para me fazer sentir
Que em dias de chuva
Também é possível sorrir

Queria um raio de luz
Que ao fim da tardinha
Me pintasse o céu e o mar
De uma cor que fosse minha

E, eu em passos lentos
Fui em direcção ao Sol!

domingo, 8 de março de 2009

Maria Mulher





















Maria acorda cedo,

Sem tempo para bocejar,

Toma seu banho num instante

E o pequeno almoço vai preparar.

Ferve o leite e torra o pão

Põe a mesa para o café

Chama o marido e o filho

Porque há muito está a pé

Vai vestir-se a preceito
Porque tem que estar bonita
Mesmo com a luta do dia-a-dia

Ela quer parecer bem e acredita

Vai olhando para o relógio

Sai de casa a correr

Leva o filho à escola
Com o ritmo louco a manter
Depara com as filas de trânsito E os condutores apressados Toques de buzinas e ruídos
Que parecem combinados
Liga o rádio na FM
Passa sua musica preferida

Esquece um pouco o tempo
Mas volta logo se seguida
Chega ao emprego

Com um ar já cansado

Senta à secretária

Como se fosse seu fado


E nesta correria louca

Depois de muito trabalhar

Volta a correr para casa
Para fazer o jantar!


Maria, Maria

Maria Mulher
A vida é assim
Mas não porque
a mulher quer!

A todas as Mulheres neste dia, que são a prova de muita força e garra pela vida, mesmo não sendo muitas vezes a que merecem,
Um beijinho muito especial neste dia! Céci ((*_*))

segunda-feira, 2 de março de 2009

Chuva























Hoje...
Gosto do som da chuva,Ouvi-la na janela a cantar.Em frente da lareira acesa,O fogo vermelho a criptar.
O cheiro da terra molhada,Guarda-chuvas coloridos!Pessoas que correm para casaOnde se sentem protegidos.
Ontem...
Gostava dos dias de chuvaPara nas poças saltarMolhava a cara com as pingasE brincava sem querer parar
Hoje..
A chuva pede lareira!
Ontem...
A chuva pedia brincadeira!